21.8.09

Filhos de Políticos nas Escolas Públicas. Será?


Recebi um e-mail hoje pra lá de sensacional. Meu dia, que já não tinha começado bem, ficou mais alegre e florido. Porque?

Bom, o Brasil está do jeito que está, com corrupções, falcratuas, em desenvolvimento lento e quase parando, devido a falta de preparo e de condições melhores de emprego para o povo.

Acrescento mais a lista: povo ignorante é bom para o político. Porque? Simplesmente para os seus meios eleitoreiros. Um povo estudado, conhecido da situação, entendido da real situação do País, não venderia o seu voto por uma cesta básica, uma camisa bonitinha, ou alguns poucos reais, venderia? Acho que não. E iria pensar muito antes de escolher um político decente. A bem da verdade, aquela tal propaganda política não nos diz nada, pelo menos não para mim. É mentira em cima de mentira, um falando mal do outro, um verdadeiro lixo. Dinheiro jogado na lama.

O bom, seria o eleitor conhecer a fundo a vida do cidadão que está tentando se eleger, sim, políticos também são cidadãos, pessoas humanas, que tem uma vida, toda uma estrutura familiar, o que há de mal e errado em saber o passado dessa pessoa? Não existem só políticos ruins e corruptos.

Bom, mas porque estou falando isso?


Simplesmente porque o Senador CRISTOVAM BUARQUE, apresentou um projeto de lei, propondo que todo político eleito seja obrigado a matricular os seus filhos na escola pública.

Uma das justificações do Senador quanto a esse pedido foi: "No Brasil, os filhos dos dirigentes políticos estudam a educação básica em escolas privadas. Isto mostra, em primeiro lugar, a má qualidade da escola pública brasileira, e, em segundo lugar, o descaso dos dirigentes para com o ensino público..."

O que vocês acham desse projeto? Pode ser votado e aceito? Foi mais um truque político?
Não sei, mas pode ter sido sincero, e se desse certo as conseqüências seriam as melhores possíveis. Quando os políticos se virem obrigados a colocar seus filhos na escola pública, a qualidade do ensino no país iria melhorar.

O projeto foi apresentado em 16 de agosto de 2007, há mais de 2 anos, e a última retificação que recebeu em 08 de julho de 2009, dizia que foi devolvido pelo Senador Antonio Carlos Vaçadares, para aguardar Audiência Pública com o objetivo de instruir a matéria em data oportuna.

Não sou entendida do assunto, mas creio que se houver pressão p´blica, este projeto passará.

Bom, se passar, não sabemos se realmente irá ser cumprido, mas alguma coisa terá sido feita né?

Se quizerem ler todo o texto do Senador, clique aqui.
E aqui, poderam ver toda a tramitação do Projeto.

---
Até a próxima!!!

7 comentários:

Isolda Herculano on 21 de agosto de 2009 09:51 disse...

Olha Fabiana, uma vez vi o também senador Cristovam Buarque discursando sobre isso e achei a ideia o máximo. Mas, é claro, utópica – estamos cansados de ver nossos legisladores só legislando em causa própria. Então, vamos ‘viajar na maionese’ e pensar: e se um projeto desses vai à frente, é aprovado e vira lei? Bem, acho que os políticos mandariam mais seus filhos estudarem em colégios no exterior ou dariam qualquer jeito de driblar a legislação e desviar mais recursos em benefício próprio.

Outro absurdo que eu acho é o povo brasileiro não poder decidir quase nada da sua vida em sociedade nos plebiscitos, por exemplo. Só nos mandam os pepinos, como aconteceu com o estatuto do desarmamento. Nós tivemos que decidir se as pessoas deveriam ter direito ao porte de arma ou não. Ou seja: qualquer desgraça que acontecesse depois, a decisão tinha sido NOSSA! Mas porque não podemos decidir coisas assim, como essa questão da educação? Porque não um plebiscito para escolhermos onde vão estudar os filhos dos políticos?

Acho que, em breve, farei um post sobre isso no meu blog também. Valeu a inspiração.

Abraço.
Isolda (desabafando geral).

Rosi on 21 de agosto de 2009 16:53 disse...

Fabi
Eu duvido que isso aconteça, assim como tudo por aqui, não vai sair do papel e o povo fica a ver navios.

Realmente não tenho muito a dizer, o assunto política é tão desgastante que a gente às vezes prefere ignorar para não se aborrecer.
Bom final de semana.

Lidiane Vasconcelos on 21 de agosto de 2009 17:49 disse...

Eu acho que não passa.
Manobra política para isso é o que não vai faltar.

Isso me lembrou o “rebuliço” que houve nos EUA quando Obama foi eleito. Foi uma discussão tremenda porque queriam que as filhas dele estudassem em escola pública.

Eu já entrei numa escola pública nos EUA, e não era das melhores, e fiquei “chocada” com a qualidade das instalações. Bem diferente da realidade brasileira. Por lá, o “buchicho” acabou. Por aqui, creio que isso também não vá para a frente.
Beijos

Luciana on 21 de agosto de 2009 19:35 disse...

Poxa seria tão bom se isso realmente der certo... não custa torcer... esperança é a última que morre, né não?!!
Bjos, Lú.

Cris Siqueira on 23 de agosto de 2009 21:40 disse...

olha, eu acho q isso, se acontecesse, só iria facilitar aquele projeto d dar metade das vagas das universidades para estudantes de escolas públicas. o q eu acho supererrado, pq o governo deveria melhorar (E MUITO) o ensino fundamental e médio público. então, se essa lei "pegar", pode ter ctz q a outra pega, só para favorecê-los!! meio injusto né??
tanta gente pobre q quer estudar mas o governo não dá condição!!

Vivian Sbrussi on 24 de agosto de 2009 14:21 disse...

øîË!


Neste novo dia...
se chover, seja feliz com a chuva
que molha os campos, varre as
ruas e limpe a atmosfera.

Se fizer sol, aproveite o calor.
Se houver flores em seu jardim,
aproveite o perfume.

Se tudo estiver seco, aproveite
para colocar as mãos na terra,
plantar sementes e aguardar a floração.

Não arrume desculpas...
Seja FELIZ de qualquer jeito!
Lembre-se de que a única fonte de
felicidade está dentro de nós e deve
ser repartida.

Repartir nossas alegrias é como espalhar
perfume sobre os outros:
Sempre algumas gotas acabam caindo
sobre nós.

(\ï/)
(/l\)*•.¸_¸.•*´¯`*•.¸_¸.•*´


 эїє TËnhą µm Ótimą Ðîą! Эїє

 ♥♥♥ ღViViAn\\(^_^)// Sbrussi ♥♥♥

  ':.«ﻶﻉﮨﮨჱﻶ ßEIjO§ ﻶჱﮨﮨﻉﻶ».:'

Patrícia Karina on 24 de agosto de 2009 18:22 disse...

Fabiana:
Eu não sabia deste projeto, e acho q não vai ser aprovado, já que são eles mesmos, nesse caso os "prejudicados e não beneficiados", que irão aprovar. Mas tb tenho esperança... Quem sabe?
Bjks.

Seguidores

Arquivo

Quem sou eu

Minha foto
Casada com o Carlos, mãe das lindas Lizandra e Lyandra, que ama Deus, feliz, e arteira! Amante dos Bolos decorados em pasta americana! Que tem a certeza da salvação que só há em Jesus Cristo!

Pense Nisso!

Pense Nisso!
Clique na imagem e saiba como ter essa certeza.

O que ando lendo:

O que ando lendo:
É Agora... ou Nunca
 

Idéias, Detalhes & Dicas Copyright © 2008 Green Scrapbook Diary Designed by SimplyWP | Made free by Scrapbooking Software | Bloggerized by Ipiet Notez Blogger Templates